7 Razões para conhecer Marsa Alam

Se você quer fugir da rotina caótica da capital egípcia mas também não quer viajar para uma praia lotada ou tumultuada, esse artigo pode ser a salvação das suas férias.

Marsa Alam é uma cidade banhada pelo mar vermelho e fica situada a alguns kilômetros da cidade de Hurghada. Do Cairo até Marsa Alam são em torno de 9 horas de ônibus. É longe, eu sei! Mas te garanto que vale muito a pena, por isso aqui eu elegi 7 razões para conhecer Marsa Alam.

marsa alam
Marsa Alam

1. Uma cidade que não é cidade

Esqueça o conceito de cidade! Marsa Alam é um refúgio no meio do deserto. Você vai encontrar muitos hotéis e resorts, mas nada de cidade mesmo.

Marsa Alam deve ser a escolha daqueles que não se importam em ficar num hotel a beira mar com todos os serviços inclusos. A cidade é para quem busca relaxar!

2. Resorts incríveis que te fazem se sentir em casa

O hotel que eu tive a oportunidade de ficar foi o Club Calimera Akassia Swiss Resort, 5 estrelas com tudo incluso, buffets de excelente qualidade e acomodações impecáveis.

Não tenho nem o que reclamar, em 5 anos de Egito, foi a primeira vez que estive em um hotel realmente agradável. Para famílias que tem crianças, o local oferece vários parquinhos e ainda parque aquático. Há 2 piscinas com ondas, e piscinas comuns espalhadas pelo hotel.

A praia é bem limpa, com água clara e cristalina. Para os amantes de esportes na areia, havia a oportunidade para jogar vôlei, e em outra zona havia aulas de zumba e também massagens.

O hotel conta com 2 restaurantes, sendo um deles em frente ao mar e o outro no interior do hotel, além disso havia também entretenimento com atrações durante a noite (shows folclóricos, discotecas e mais).

Uma das coisas que mais curti por lá foram as atividades para os pequenos, os parquinhos era muito legais e havia também algumas salas com atividades e jogos destinados às crianças.

Marsa Alam
Barco submarino

3. Excursões

Se você gosta de esportes aquáticos, em Marsa Alam você pode praticar snorkeling, mergulho e ainda ter a chance de ver tubarões. Outras atividades ficam por conta dos passeios de iate, barco submarino além do safári pelo deserto.

A gente acabou optando por fazer o passeio de barco submarino, porque já que estava com o meu filho, era o único passeio que ele poderia fazer. No começo enquanto estávamos no convés eu adorei, mas a partir do momento que descemos para a parte subaquática eu fiquei muito enjoada porque o barco balançava demais. Mas mesmo com o enjôo foi muito gratificante ver a beleza do oceano, peixes coloridos e corais imensos, a gente viu até mergulhadores durante este passeio.

Para contratar as excursões você pode se dirigir à recepção do hotel para verificar os passeios disponíveis e valores.

4. Não se preocupe, em Marsa Alam seu biquini é bem vindo

Os hotéis recebem turistas o ano inteiro, não se acanhe em colocar seu biquini. Já as moças que como eu usam hijab, também estão livres para usar o burkini. No mais, roupas leves, protetor solar, hidratante, chapéu para proteger do sol e tudo o que você levaria para um hotel na praia se estivese no Brasil.

5. Alimentação variada

O regime do hotel escolhido foi o all inclusive, ou seja inclui café da manhã, almoço, jantar, snacks e bebidas.
O buffet é aberto e muito variado. Você encontra desde culinária internacional até culinária egípcia. Os melhores pratos que comi foram peru assado, frango à kiev, carne no molho madeira, peixe grelhado e pizza.

marsa alam

6. Mar turquesa

Apesar do hotel ter muitas piscinas e muita gente optar por desfrutar desta parte, eu particularmente gosto do mar. Se vou a praia, para mim o mar é a minha zona de lazer. Marsa Alam é linda, e tem um mar com vários tons de azul e ao mesmo tempo com água cristalina a ponto de você ver peixinhos coloridos nadando perto de você. Eu acho que ali é realmente um pedacinho do paraíso.

7. Porto Ghalib

Porto Ghalib é a Marina de Marsa Alam, lá é de onde sai a maioria dos passeios de barco e excursões aquáticas. Além disso você vai encontrar muitas lojas, restaurantes, caixas eletrônicos, bazares, spa e muito mais.

Parquinho do hotel

Quanto tempo você deve ficar em Marsa Alam?
Eu fiquei 5 dias e achei pouco, a viagem foi tão maravilhosa que passou muito rápido, acho que uma semana seria o ideal. Com certeza Marsa Alam é um local que pretendo voltar assim que possível.

Qual a melhor época para visitar Marsa Alam?
Recomendo de maio a setembro se você quer aproveitar o solzão de Deus neste mar lindo.

Deixe seu comentário e siga o blog Vida no Egito.

Gostou dessas dicas e quer saber mais? Siga nossas redes sociais: Instagram Facebook e Youtube. E fique por dentro de tudo o que acontece aqui na terra dos faraós!

Lazer, Turismo, ,

Escrito por Mayara Carmo

Apaixonada pela arte e por viagens, Mayara é paraibana e formada em Arte e Mídia pela Universidade Federal de Campina Grande. Depois de pisar em vários países, acabou fazendo do Egito o seu lar doce lar desde 2015 . Mãe e esposa, ela não deixa de perseguir os seus sonhos e aprender cada vez mais. Mayara trabalha com Marketing de Conteúdo e nas horas vagas como freelancer.

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: