Turismo

Golpes turísticos no Egito

Viajar para o Egito é o sonho de muita gente, mas as vezes esse sonho se torna um pesadelo quando você não sabe como se proteger dos famosos golpes turísticos.

Sabe aquele ditado “O barato sai caro”, ele é pura realidade! Muita gente quer se aventurar pelo Egito pagando pouco, sem agência ou guia, e acaba que no fim da viagem gastou muito mais do que imaginava.

A gente sempre recomenda que uma viagem para o Egito seja feita com guia local para evitar o assédio turístico, a superfaturação de preços e golpes como tirar dinheiro do turista por agrados que supostamente “era de graça”.

Leia mais: Egito pune assédio a turistas com multa de R$2000

Famosos golpes turísticos

Não é só no Egito que turistas estão sujeitos à golpes, em todos os destinos turísticos há precauções que devem ser tomadas para evitar os golpistas. Aqui vai uma lista dos golpes mais comuns aplicados no Egito:

  • Você pode entrar no complexo das pirâmides sem pagar ingresso por uma entrada secreta – no final vão te cobrar horrores;
  • Preços de banana para passeios – depois vão sair te pedindo várias taxas extras;
  • Estranhos que supostamente te oferecem ajuda e te levam para comprar produtos “mais baratos” ops SUPERFATURADOS;
  • Cambistas que oferecem diferentes tipos de ingresso para as pirâmides (SÓ compre ingresso no guichê oficial na entrada do Complexo das Pirâmides);
  • No aeroporto alguém vai querer carregar as suas malas e depois te pressiona para pagar um preço super alto;
  • Superfaturação dos produtos locais;
  • Papiros falsificados feitos em folha de banana com preço bem baratinho (os caras vendem como se fossem originais). Acredite, não existe papiro original de 1 USD.
  • Promessa de coisas únicas e exclusivas….como o perfume de cleópatra (que é pura mistura de essências, e o nome… ah é só um nome).

As dicas abaixo serve para que você não caia no conto do vigário e saiba se proteger durante sua estadia no país.

  • Contrate uma agência especializada ou guia local;
  • Troque seu dinheiro por libras egípcias;
  • Cuidado com os mercadores nas Pirâmides de Gizé, não aceite nada da mão deles, a não ser que você vá mesmo comprar;
  • Peça a seu guia para negociar o passeio de camelo;
  • Compre seus souvenirs no Jordi (na Khan el Khalili, preço tabelado e sem dor de cabeça) – se você falar que o Vida no Egito recomendou, você ganha 10% de desconto;
  • Não faça tatuagem de henna em qualquer lugar, peça ajuda ao seu guia para saber onde deve fazer, pois há muita henna adulterada no mercado que causam queimaduras graves (o melhor lugar para fazer tatoo de henna é na Vila Núbia em Aswan);
  • Se você não quer alguma coisa, só diaga “Lá Shukran”;
  • Se for tirar fotos com camelos ou beduínos, peça autorização, na maioria das vezes eles vão te pedir dinheiro por isso;
  • Dê uma de doido(a) quando vierem te pedir dinheiro do nada ou tentar forçar você a comprar;
  • Táxis brancos – não use jamais! Precisa de táxi, chame um Uber;
  • Só frequente restaurantes recomendados por seu guia;
  • Cuidado com os seus pertences, aqui tem descuidistas que se aproveitam de deixas que você dá para tirar sua carteira ou telefone.

Gorjeta NÃO é golpe

Gorjetas aqui no Egito é recomendado (pois o ganho das pessoas é muito baixo, por isso a gorjeta serve como um complemento de renda). Veja abaixo o que você deve pagar:

  • Ás vezes quando você vai ao banheiro, tem alguém na porta que limpa o local e te dá papel higiênico = máximo 5 libras egípcias
  • Garçom do restaurante = 10% da conta
  • Vendedor = 10 libras egípcias
  • Guia turístico = 160 libras egípcias por dia
  • Motorista durante o tour = 80 libras egípcias por dia
  • Carregador de malas = de 15 a 30 libras egípcias
  • Camareiro(a) do hotel = de 20 a 30 libras egípcias
  • Outros serviços = 5 a 20 libras egípcias

Hospitalidade também NÃO é golpe

Quem vive no Egito ou já esteve no país, de fato sabe que o povo local é muito hospitaleiro. Muita gente vai chamar você para tomar um chá quando está de passagem em alguma loja, ou pode te oferecer qualquer outra bebida como suco, refrigerante e café.

Isso faz parte da hospitalidade local ao receber qualquer visitante (não só turista).

Não tenham medo de visitar o Egito, o país é lindo e vale a pena conhecer, você só precisa se precaver para a sua experiência no país ser de fato inesquecível.

Deixe seu comentário e siga o blog Vida no Egito.

Gostou dessas dicas e quer saber mais? Siga nossas redes sociais: Instagram, Facebook e Youtube. E fique por dentro de tudo o que acontece aqui na terra dos faraós!

Categorias:Turismo

Marcado como:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.