Maternidade

El Sebou – Chá de bebê egípcio

O universo da maternidade no Egito não é nada parecido com o Brasil, e uma das coisas que são bem interessantes é o chá de bebê.

Aqui no Egito diferentemente da terra brasilis, o chá de bebê não é feito antes da criança nascer, mas sim, depois. Isso mesmo, depois! Inclusive eles acreditam que fazer um chá de bebê antes pode trazer azar.

El Sebou, significa o sétimo em árabe, é o nome dado para uma das celebrações mais tradicionais realizadas pelos egípcios exatamente sete dias após o nascimento de um bebê.

História do Sebou

No Egito, a sobrevivência e o número 7 estão intrinsecamente ligados. É no sétimo dia que a existência de uma criança é formalmente reconhecida ao mundo em um ritual que vem desde a época dos faraós. Algumas gravuras remetentes ao Império Novo do Egito Antigo retratam padrões semelhantes desta celebração.

Celebrar uma criança que sobreviveu aos primeiros sete dias de vida é uma prática antiga. No passado, havia uma alta taxa de mortalidade infantil, devido às doenças e má nutrição, os bebês tinham mais probabilidade de morrer do que de viver. Por isso se a criança sobrevivesse os 7 primeiros dias isso era sinal de boas novas e isso havia de ser celebrado.

Nos dias de hoje, as taxas de mortalidade infantil são baixas, mas o Sebou ainda é feito por todos os egípcios, independente da religião ou classe social.

“Sebou é o primeiro rito de passagem de uma criança, que diferencia um menino de uma menina, que estabelece os papéis da mãe e do pais, e recém-nascido como continuação da família. O ritual em si é sobre aconselhar o recém-nascido a afastar os maus espíritos, fortalecê-lo, dar-lhe coragem e vontade de viver”

Hania Sholkamy, antropóloga da Universidade Americana no Cairo

Sholkamy diz que Sebou também é uma das poucas cerimônias que celebram a mãe do bebê. Uma das bebidas tradicionais servidas aos convidados é uma mistura de ervas chamada moghat, destinada a estimular a produção de leite materno em mulheres que amamentam.

Ser mãe no Egito: 10 fatos culturais diferentes do Brasil

Quem celebra o Sebou?

Todos os egípcios independente de religião praticam o Sebou, esta festa do nascimento é uma herança cultural que continua viva por gerações.

A peneira do Sebou

No início da celebração, o bebê é colocado em uma peneira grande, porém hoje em dia, a peneira é raramente usada, sendo substituída por um cesto ou mini bercinho decorado com tecido e laços.

Em Downtown, há diversas lojas dedicadas a vender cestos para Sebou, geralmente – as azuis para meninos e rosas para meninas, além de diversos modelos de lembrancinhas para os convidados. Lojas de produtos infantis, como Our Kids também vendem kits para Sebou, que consiste no cesto, vela e o pilão de metal.

Ritual do Sebou

Tanto o bebê quanto a mãe vestem a melhor roupa para esta ocasião, o rito do Sebou segue uma ordem específica, veja:

  1. A primeira parte do rito é quando a mãe vem apresentar o bebê para os convidados.
  2. A comemoração começa colocando o bebê na peneira ou cesto e sacundindo-a. Depois colocam a peneira no chão, e a avó ou outro parente mais velho do bebê começa a bater no pilão repetindo conselhos para o bebê sobre obediência: “obedeça sua mãe…não obedeça seu pai” e ela vai citando outras pessoas da família como tio, avô, etc.
  3. A mãe do bebê atravessa a peneira sete vezes, enquanto as mulheres queimam incenso e repetem: “O primeiro passo em nome de Deus, o segundo em nome de Deus …” e assim por diante, ao som contínuo das batidas no pilão.
  4. As crianças costumavam segurar velas e iluminar o caminho para a mãe enquanto ela carregava o filho. Hoje em dia, eles apenas a seguram e andam em volta da mesa em que o bebê é colocado após os sete passos.

É comum jogarem sal nos convidados e queimar incenso para quebrar o olho gordo.

O tipo da festa de Sebou é determinada pela família, há pessoas que fazem em casa somente para familiares e amigos próximos, quem tem mais condições financeiras fazem em um salão de festas ou hotel.

Músicas típicas do Sebou

Sebou sem música não é sebou. A alegria é contagiante, adultos e crianças cantam e dançam para dar as boas-vindas ao bebê. Existem algumas músicas que são bem tradicionais nesta ocasião, por exemplo esta que vem a seguir:

Lembrancinhas do Sebou

As lembracinhas do Sebou variam muito de acordo com a condição financeira da família. Há quem faça sacolinhas com doces, amêndoas, pipoca e chocolate, há outros que presenteiam os convidados com pequenas estatuetas de cristal e porcelana feitas com nome e data de nascimento do bebê. Outros optam por opções mais modernas como um livro de preces, alcorão personalizado, canecas, porta copo, ímãs de geladeira…etc.

Presentes para o recém nascido

É nesta ocasião que os convidados presenteiam o bebê, não existe algo específico, eles podem levar presentes como roupas, dinheiro, prata ou ouro.

Celebração do nascimento no Islã

El Sebou como já foi mencionado no início do texto é uma tradição cultural e não-religiosa. No islamismo, a celebração do nascimento de uma criança é chamada de Aqiqah, que consiste em sacrificar um animal (2 carneiros se for um menino e 1 carneiro se for menina), doar parte da carne para os pobres e a outra parte é preparada para a família a fim de celebrar a ocasião.

No Egito geralmente as famílias muçulmanas preferem fazer Sebou e Akikah no mesmo dia.

Fonte: NPR, Madamasr, Stepfeed


Deixe seu comentário e siga o blog Vida no Egito.

Gostou dessas dicas e quer saber mais? Siga nossas redes sociais: Instagram, Facebook e Youtube. E fique por dentro de tudo o que acontece aqui na terra dos faraós!

Categorias:Maternidade

Marcado como:, , ,

1 resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.