Lazer

7 melhores destinos de mergulho no Mar Vermelho do Egito para mergulhadores de todos os níveis

O Mar Vermelho do Egito teve a comunidade internacional de mergulho agitada recentemente devido à sua contínua alta classificação como um dos melhores destinos de mergulho do mundo.

Também não importa se você nunca mergulhou antes – o Egito está repleto de centros de mergulho profissionais certificados pela PADI, instrutores e liveaboards que irão levá-lo de mergulhador a mergulhador avançado rapidamente.

  1. Marsa Alam

Melhores pontos de mergulho: Recife Elphinstone, Recife Daedalus, Abu Dabbab, Recife Dolphin House

Marsa Alam pode não ser tão conhecida ou frequentemente visitada como Sharm El Sheikh ou Hurghada quando se trata de mergulho, mas isso não significa que seja menos impressionante (pode ser ainda mais!). Esta cidade costeira está mais fora do caminho, tanto para egípcios quanto para estrangeiros, por isso é um excelente lugar se você quiser relaxar e se concentrar no mergulho e em outras atividades marítimas.

Mergulhadores iniciantes: a baía rasa de Abu Dabbab é perfeita para iniciantes – não há corrente e a água tem cerca de 18 m de profundidade. Também é lá que às vezes você pode ver os raros dugongos do Egito, primos do peixe-boi.

Mergulhadores avançados: locais de mergulho famosos como Elphinstone e Daedalus são imperdíveis para mergulhadores mais avançados – você pode ver de tudo, desde tubarões-martelo a raias-manta nesses locais de mar aberto. Eles são acessíveis por passeios de um dia de Marsa Alam ou liveaboards.

Dicas locais:

Por volta de abril e maio, a visibilidade da água é ligeiramente reduzida por causa do plâncton, mas é isso que atrai tubarões-baleia e raias manta.

Tubarões-baleia podem ser avistados em maio e junho, e tubarões-martelo de maio a agosto

É possível mergulhar o ano todo, com a água mais fria sendo 24°C em janeiro e a mais quente sendo 30°C no verão (que alguns acham muito quente, especialmente quando a temperatura do ar regularmente atinge 40 + ° C).

Como chegar: você pode voar até o aeroporto de Marsa Alam ou dirigir do Cairo (cerca de 8 a 10 horas de carro)

  1. Sharm El Sheikh / Ras Mohammed

Melhores pontos de mergulho: SS Thistlegorm, Dunraven, Kingston, Shark Reef, Yolanda Reef

De acordo com a Dive Magazine, “Sharm El Sheikh foi, por muitos anos, o destino egípcio favorito para mergulhadores e provavelmente contribuiu mais para o negócio de mergulho europeu do que qualquer outro resort no mundo”.

É também o ponto de partida para a maioria das expedições de mergulho em Ras Mohammed, um parque nacional egípcio no extremo sul do Sinai, onde o Golfo de Aqaba encontra o Golfo de Suez e a mistura de água leva a recifes de coral saudáveis ​​e coloridos.

Mergulhadores iniciantes: locais de mergulho como Ras Um el Sid são ideais para iniciantes; mergulho de recife fácil em uma baía rasa sem correntes.

Mergulhadores avançados: Sharm oferece incríveis mergulhos em naufrágios, como o SS Thistlegorm, um navio britânico que foi afundado por alemães na segunda guerra mundial. Outros grandes naufrágios são Dunraven e Kingston.

Dica local:

Não há uma temporada específica de mergulho em Sharm, mas se você quiser evitar as multidões tanto na costa quanto fora dela, tente evitar a alta temporada turística (setembro-novembro e março-maio), e vá durante o verão (se você aguentar altas temperaturas) ou inverno.

Como chegar: voo para o aeroporto Sharm El Sheikh ou de carro desde o Cairo (6 a 7 horas de viagem).

  1. Hurghada / El Gouna

Melhores pontos de mergulho: Ilhas Giftun, recife e naufrágios de Abu Nuhas, Rosalie Moller

As cidades costeiras de Hurghada e El Gouna podem estar a cerca de 25 km uma da outra, mas compartilham muitos dos mesmos locais de mergulho. Hurghada, que costumava ser uma pequena vila de pescadores há apenas algumas décadas, é agora a maior cidade turística do Mar Vermelho no continente egípcio.

Mergulhadores iniciantes: Hurghada e El Gouna são realmente ideais para mergulhadores iniciantes porque a maioria de seus recifes são rasos e facilmente acessíveis, mas ainda repletos de vida marinha, como as ilhas Giftun (lar do famoso restaurante / bar de praia Mahmya na costa).

Mergulhadores avançados: o naufrágio profundo do Rosalie Moller está mais perto de Hurghada do que de Sharm El Sheikh, onde está seu navio irmão, o SS Thistlegorm. Rosalie Moller era um navio de carvão, então não é tão impressionante quanto Thistlegorm com todas as suas relíquias, mas ainda assim um incrível mergulho de naufrágio.

Dica local:

O mesmo que Sharm. Não há uma temporada específica de mergulho em Hurghada, mas se você quiser evitar as multidões na costa e fora dela, tente evitar a alta temporada turística (setembro-novembro e março-maio) e vá no verão ou no inverno.

Como chegar: voe para o aeroporto de Hurghada e pegue um táxi / aluguel de carro de lá se você estiver indo para El Gouna. Ou você pode dirigir do Cairo (cerca de 5 horas de carro).

  1. Dahab

Melhor local de mergulho: Blue Hole, The Canyon, Eel Garden

O Blue Hole em Dahab é provavelmente o local de mergulho mais famoso em todo o Egito, conhecido até mesmo por não mergulhadores, mas definitivamente não é o único local de mergulho que Dahab tem a oferecer.

Mergulhadores iniciantes: a maioria dos recifes de coral de Dahab fica bem ao lado da costa e é fácil para mergulhadores iniciantes alcançarem e explorarem, incluindo o recife de The Blue Hole (mas não o arco!).

Mergulhadores avançados: o arco profundo do Blue Hole é um arco e passagem de 70m no recife, e é popular entre mergulhadores avançados e mergulhadores livres, mas também é extremamente perigoso – dezenas de pessoas morreram lá (o tributo em terra aos caídos mergulhadores é comovente e sombrio). O Canyon também é outro local favorito para mergulhadores avançados.

Dicas locais:

É raro ver tubarões em Dahab.

Não é um destino para mergulho em naufrágios.

É incrível para mergulho com snorkel se você tem amigos não mergulhadores com você.

Como chegar: voe para Sharm el Sheikh e depois dirija até Dahab (cerca de uma hora de distância) ou do Cairo (7 a 8 horas).

  1. El Qoseir

Melhores locais de mergulho: Ilhas El Ikhwa (Ilhas Irmãs)

A maioria ficaria surpresa em ver El Qoseir na lista, mas é verdade – se você está procurando por ótimos mergulhos longe de tudo e corais intocados, não procure mais. Esta cidade de 5.000 anos é o lar de vários ecolodges e campos de mergulho nas falésias com vista para um trecho de mar imaculado entre Hurghada e Marsa Alam, e há muitos centros de mergulho para escolher.

Mergulhadores iniciantes: a maior parte do mergulho é próximo à costa, de fácil acesso aos campos de mergulho e em águas rasas.

Mergulhadores avançados: as Ilhas El Ikhwa são um dos melhores pontos de mergulho indiscutíveis em todo o Mar Vermelho e um bom lugar para ver tubarões e outros peixes grandes, uma vez que estão a 70 km da costa de El Qoseir. Há também o naufrágio do Salem Express, que fica perto de Safaga, mas pode ser acessado de Qoseir por liveaboard.

Dica local:

Qoseir, como uma cidade, não tem quase nada acontecendo quando se trata de restaurantes ou vida noturna, então você passará a maior parte do seu tempo em um acampamento de praia no estilo Nuweiba, que é ideal para quem quer paz e sossego.

Como chegar: você tem três opções: 1) voar para Hurghada e dirigir para o sul, 2) voar para Marsa Alam e dirigir para o norte, 3) dirigir do Cairo (6-7 horas).

  1. Safaga / Soma Bay / Makadi Bay

Melhores locais de mergulho: Ras Abo Soma, Abu Kafan, Tobia Reefs (também conhecido como Seven Pillars / Seven Pinnacles) e Panorama Reef

Ao sul de Hurghada estão as cidades vizinhas de Makadi Bay e Safaga (tecnicamente Soma Bay fica em Safaga), no mesmo litoral entre Hurghada e Marsa Alam. Considerando que El Qoseir é o destino certo se você quiser acampamentos primitivos e uma sensação mais básica, Safaga, Soma Bay e Makadi Bay oferecem resorts 5 estrelas e hotéis de luxo com tudo incluído.

Mergulhadores iniciantes: o recife de Ras Abo Soma e suas áreas adjacentes são ótimos para mergulhadores iniciantes, e você ainda tem a chance de topar com tubarões de recife. Ao norte da Baía de Makadi fica o Abu Ramada South, outro bom ponto de mergulho para iniciantes.

Mergulhadores avançados: há mergulho incrível em parede e drift, e os recifes de Tobias são muito apreciados. Você também pode visitar o naufrágio Salem Express, um ponto de mergulho controverso por causa da triste história anexada. O Salem Express era uma balsa de passageiros entre o Egito e a Arábia Saudita que afundou em 1991, matando mais de 400 passageiros. Alguns mergulhadores optam por não visitar os destroços, mas outros o fazem e prestam homenagem aos restos do navio e às vidas perdidas.

Dicas locais:

Este trecho do Mar Vermelho é ideal se você deseja férias de luxo além de apenas mergulhar.

A área fica perto de Hurghada, mas não é tão cheia de barcos de mergulho

Como chegar: voe para o aeroporto de Hurghada e conduza para sul ou conduza do Cairo (5-6 horas).

  1. Hamata, Wadi Lahami e Deep South

Melhores pontos de mergulho: St. John’s, Fury Shoals e Rocky Island

Já se perguntou sobre o trecho do Mar Vermelho entre Marsa Alam e o Sudão? É conhecido como Deep South, onde ficam as pequenas cidades / vilas costeiras de Hamata e Wadi Lahami, logo antes de você chegar às áreas protegidas de Shalateen e Halayeb. Este trecho do Mar Vermelho está completamente intocado.

Mergulhadores iniciantes: devido às fortes condições de vento, nem sempre é o melhor lugar para mergulhadores iniciantes, mas St. John’s oferece alguns mergulhos mais fáceis.

Mergulhadores avançados: a corrente forte leva a incríveis mergulhos à deriva, com uma chance maior de ver tubarões-martelo, grupos de golfinhos e raias manta.

Dicas locais:

Não há muitos lugares para ficar em Hamata e Wadi Lahami, apenas algumas aldeias de mergulho esparsas. Se isso não for para você, então você pode pegar um liveaboard de Port Ghalib perto de Marsa Alam (cerca de 3 horas de carro).

A melhor época para mergulhar é de maio a outubro, quando o vento está menos forte, mas também nos meses mais quentes. Os meses de inverno têm climas mais agradáveis em geral, mas o vento e a corrente podem atrasar os mergulhos.

Como chegar: voe para Marsa Alam e pegue um liveaboard de Port Ghalib ou dirija até Hamata / Wadi Lahami.


Deixe seu comentário e siga o blog Vida no Egito.

Gostou dessas dicas e quer saber mais? Siga nossas redes sociais: Instagram, Facebook e Youtube. E fique por dentro de tudo o que acontece aqui na terra dos faraós!

Categorias:Lazer, Turismo

Marcado como:, , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.