Turismo

Modernização do Planalto de Gizé

Tradução do artigo Giza Plateau massive development: Cable car, electric transportation, and heliport publicado no Egypt Independent.

No meio da pandemia de coronavírus, o projeto de desenvolvimento do planalto de Gizé no Egito continua em andamento. O país está avançando para melhorar a área em vários setores, incluindo turismo, transporte e imobiliário.

O projeto apoiado pelo Estado visa desenvolver a área e restaurá-la ao seu esplendor original, uma vez que é um dos se não dos mais importantes sítios arqueológicos do país.

O Saib Bank assinou em outubro um contrato de financiamento de longo prazo de 230 milhões de libras egípcias com a Orascom Pyramids, uma subsidiária da multinacional Orascom que vai desenvolver o projeto do planalto.

O Ministro do Turismo e Antiguidades do Egito, Khaled al-Anani, anunciou recentemente um grande número de projetos em andamento na área arqueológica.

Com a ajuda da Orascom, a área antes esparsa em breve abrigará uma estação de ônibus elétrico, teleférico, restaurantes, cafés luxuosos, hotéis, um heliporto para VIPs, bazares ampliados, cinemas e um centro de informações.

Anani inaugurou em outubro o “Nine Pyramids Lounge”, o primeiro restaurante e lounge na área das pirâmides de Gizé.

O lounge tem vista para nove pirâmides, proporcionando uma vista panorâmica única. O restaurante e lounge totalizam 1.341 metros quadrados divididos em várias áreas.

A área também abriga o novo Grande Museu Egípcio (GEM), com inauguração prevista para 2021, e o Aeroporto Internacional Sphinx.

O sonho de transformar Gizé Ocidental na capital africana do turismo não para por aqui, já que o governo realizou uma série de projetos de transporte e acessibilidade para beneficiar o turismo na área.

Entre esses projetos estão um teleférico e uma passarela de pedestres conectando o novo museu às pirâmides, uma nova linha de metrô de 40 km conectando o New Cairo ao planalto e um trem de alta velocidade que vai de Ain Sokhna do Mar Vermelho à cidade de Alamein no Mediterrâneo, passando pela Nova Capital Administrativa do Cairo e 6th October.

Enquanto isso, o Ministério da Habitação corre contra o tempo para concluir um bairro residencial que inclui 2.500 unidades habitacionais, em preparação para a demolição dos assentamentos informais construídos ao redor das pirâmides. Os moradores que vivem unidades ilegais serão transferidos para as novas unidades.

O que você acha das novas mudanças? Deixe seu comentário abaixo.

Gostou dessas dicas e quer saber mais? Siga nossas redes sociais: Instagram, Facebook e Youtube. E fique por dentro de tudo o que acontece aqui na terra dos faraós!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.