Cotidiano

Egípcios não gostam do Egito Antigo?

A resposta é obviamente não! Eles gostam e tem orgulho da sua história. Inclusive se quiser começar uma conversa de forma amigável com um egípcio elogie sua história!

Quase 10% dos egípcios vivem do turismo e o turismo é quase 15% do PIB! Então os egípcios gostam sim da história egípcia.

Recentemente o mundo todo assistiu ao desfile muito bonito dos sarcófagos de antigos faraós. E o que deixou muita gente impressionada foram os comentários negativos, de cunho religioso.

O Egito sempre foi Religioso. E antigamente, mais de 2000 anos atrás, a religião era adoração do Deus Sol Há, cultos a Horús e outros semi-deuses. O próprio faraó era visto como um ser divino.

Os Principais deuses egípcios

Ainda hoje existem pessoas que cultuam esses deuses e praticam os milenares rituais. Portanto o Egito histórico é também uma expressão religiosa!

O Egito continua sendo muito religioso, com de 85 a 95% da população sendo mulçumana e 5 ou 15% sendo copta. Cairo é uma cidade com mais de mil mesquitas e é rotineiro parar durante as 5 orações ou no mínimo escutá-las. Em 1980 o Islam se tornou a religião oficial do Estado e a maior universidade Sunita Al- Azhar fica no Cairo.

Para o Islam a adoração ou culto de outros deuses é uma blasfêmia contra Allah SWT. Portanto muito da história do Egito não é relevante aos que não trabalham com turismo e praticam a religião como rotina. Muitos egípcios foram as pirâmides uma vez em uma excursão escolar ou nem foram! Vários pontos turísticos famosos são desconhecidos para o Egípcio comum.

Por falta de interesse e por reverência muitos egípcios optam por não apoiar eventos que podem ser interpretados como rituais religiosos que não adoram a Deus.

Essa é a canção a Isis.

Egito nos Holofotes do Mundo com o Desfile de Ouro dos Faraós

No Brasil convivemos com isso também, quando muitos cristão não compactuam com rituais nativos indigínas ou de estrangeiros. O investimento de cultura muitas vezes é direcionado a religião católica, que é a maioria do país, e mais recentemente a evangélicos. Uma religião é vista como sagrada e a outra como profana ou diabólica.

O ponto aqui não é criticar a postura de nenhum egípcio, mas sim de expor a cultura e o contexto do porque para tantos egípcios a parada em honra dos mortos, desonrava os vivos, ou era um pecado.

Categorias:Cotidiano

1 resposta »

  1. Olha que interessante! Com tantos anos de amor e adoração ao Egito antigo, nunca achei que havia egípcios modernos que adoravam os deuses 😮 Tipo sempre estudei sobre isso, e por uma razão sociológica não imaginava que isso seria possível. Na Grécia até que tudo bem, pois a secularização ocidental ameniza o nível de rejeição nesses países, agora em um país islâmico, fiquei realmente surpreso viu.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.