Religião

Lanternas de Laranja: Tradição do Eid El-Ghetass no Egito

Para os cristãos coptas em todo o Egito, Eid El-Ghetass, também conhecido como Festa da Epifania é sinônimo de cana-de-açúcar, inhame e crianças balançando em torno de pequenas lanternas feitas de laranjas.

Essas preciosas tradições são celebradas há séculos em comemoração ao batismo de Jesus Cristo. Se você conhece uma criança de uma família copta, ela lhe contará tudo sobre como foi ensinada a esculpir cuidadosamente cruzes e outras formas decorativas em cascas de laranja ocas. Mas a curiosidade que surge é qual a história por trás dessas lanternas de laranjas?

Eid El-Ghetass é comemorado todos os anos no dia 19 de janeiro de cada ano, que coincide com 11 Touba no calendário copta. Touba é o quinto mês do calendário copta (de 9 de janeiro a 7 de fevereiro), é também o primeiro mês da Temporada de Proyet (crescimento) no antigo Egito, quando as enchentes do Nilo diminuíam e as colheitas em todo o país começavam a crescer.

Embora se diga que Jesus Cristo foi batizado por João Batista em Al-Maghtas, na Jordânia, nas margens orientais do rio Jordão, talvez não seja surpresa que os cristãos coptas associem tão fortemente o Eid El-Ghetass ao Nilo. Não apenas porque também é um rio, é claro, mas por causa do papel cultural e espiritual que desempenha na vida e na agricultura egípcia. O que é especialmente significativo quando observamos que o Eid El-Ghetass acontece durante a época da colheita de cana-de-açúcar, inhame e laranja no Egito.

A Relação Do Inhame Com A Purificação Do Pecado

O Taro (inhame), em particular, tem um significado especial durante o Eid El-Ghetass. Enquanto estão em abundância, os taros são colhidos para criar um ensopado egípcio conhecido como Qulqas ou Kolkas. Todo o processo de cozimento do taro é considerado simbólico, principalmente quando se trata de suas raízes semelhantes à batata.

Primeiro, antes que a raiz possa ser cozida, a pele marrom deve ser retirada para expor seu interior branco, assim como as vestes devem ser retiradas antes de um batismo. Em seguida, a raiz deve ser fervida em água para eliminar as toxinas nocivas de dentro – um processo que simboliza a imersão na água batismal para a purificação do pecado.

De acordo com algumas antigas histórias de família, muitos cristãos coptas se esconderam do domínio romano nas montanhas, onde não tinham acesso à carne. Mas o que eles tinham era o taro, que – graças ao seu sabor e textura, constituía um suntuoso substituto de carne quando frito.

Procissão No Nilo

Uma das tradições antigas mais importantes entre os cristãos coptas – uma que caiu em desuso nos tempos modernos, mas ainda assim deixou sua marca nos costumes coptas – é descer o Nilo durante a véspera do Eid El-Ghetass para reencenar o ato sagrado do batismo.

Esses batismos aconteciam sempre à noite, no frio congelante do mês de Touba. Assim, a procissão seria acompanhada por lanternas caseiras feitas de cana-de-açúcar e laranja. As canas-de-açúcar seriam dispostas em cruzes de quatro braços, com furos para que as velas pudessem ser colocadas dentro. Às vezes, essas canas de açúcar também tinham laranjas colocadas nos espigões superiores. O resultado é um desfile dramático de cruzes gigantes, iluminando o caminho até o Nilo.

Muitas das laranjas, por outro lado, seriam transformadas em lanternas para serem carregadas por crianças. As laranjas seriam cortadas no topo e cuidadosamente suas polpas eram retiradas, com formas cruzadas esculpidas na lateral da casca. Uma vela seria então inserida dentro da laranja. Finalmente, três longas cordas seriam amarradas no topo, de modo que a lanterna pudesse ser carregada e balançada como um incensário.

Até hoje, mesmo quando a tradição de mergulhar no Nilo durante a calada da noite foi eliminada da cultura moderna, as crianças em lares cristãos coptas ainda criam essas lanternas de laranjas durante a véspera do Eid El-Ghetass, personalizando cada uma com cruzes e outras formas esculpidas nas cascas.

Fonte: Scenes Now

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.