Religião

Zebibah: A marca dos devotos muçulmanos

Zebibah é uma marca muito comum nos muçulmanos, considerada um símbolo da devoção à Deus.

A marca escura localizada na testa é adquirida durante as repetidas orações ao longo da vida, pois os muçulmanos sempre se prostam e colocam a testa no chão durante as orações.

Como os homens em sua grande maioria vão à mesquita rezar, os tapetes da mesquita são mais rígidos, o que ocasiona com o passar do tempo a marca ou calo na testa. São 5 orações diárias, que somam 34 prostrações durante o dia e 12,410 prostrações durante 1 ano.

Se você observar, a grande maioria das mulheres muçulmanas não possuem essa marca, isso pode ser explicado pelo fato delas rezarem em casa (raramente vão à mesquita) e em casa elas usam um tapete mais confortável.

Com o aumento de féis, Zebibah começou a se tornar cada vez mais frequente entre os muçulmanos. Mas nem todos eles conseguem ter a marca evidente, o que levam muitos a crer que isso é um “presente de Deus”.

“Significa que as pessoas estão orando muito, mas há um tipo de afirmação nisto. Às vezes, é como uma declaração pessoal para anunciar que ele é um muçulmano conservador e, às vezes, como uma maneira de superar os outros, mostrando a eles que ele é mais religioso ou dizendo que eles devem ser como ele. ”

Gamal al-Ghitani – Akhbar El Yom Newspaper

No Egito, há algumas comunidades que levam a marca como um status social. Há aqueles que querem “forçar” a existência da marca, prostrando com mais rigor e até memo usando tapetes de palha para que o calo fique evidente.

O sheikh brasileiro Rodrigo Rodrigues diz que “o calo é algo normal. Não podemos dizer que é haram (pecado), afinal não temos como saber a intenção e do íntimo das pessoas, não há como saber, só se a pessoa falar. Achar isso ou aquilo das pessoas é mais haram ainda, pois seria entrar na intenção da pessoa. Pois senão a pessoa começa dizendo assim: fulano vai para mesquita só para se exibir, usa hijab para se exibir, lê o alcorão só para se exibir. Isto na realidade não passa de um calo. Há muito mito e disse me disse sobre isso. É só um sinal, nada mais, da mesma forma que uma dona de casa tem as mãos calejadas do trabalho doméstico. As pessoas acima do peso, por exemplo, tende a ter a marca mais forte.”

Sheikh Rodrigo Rodrigues

Se uma pessoa faz como o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam com ele), e durante as orações ele acaba adqurindo este calo ou marca na testa de forma natural, é totalmente normal. Mas se ele deliberadamente tenta fazer uma marca na testa que se parece com o sinal de sujood, então esse ato caracteriza-se como exibição e mentira, o que é totalmente proibido no Islã.

Na explicação médica, o calo pode ser um exemplo de acanthosis nigricans (uma hiperpigmentação da pele marrom ou preta, mal definida e aveludada. É geralmente encontrada em dobras corporais, como na lateral do pescoço, axilas, virilha, umbigo, testa e outras áreas). Podendo ser um sinal de resistência à insulina geralmente causada pelo diabetes tipo 2. Segundo a WHO, em 2000 a taxa de diabetes no Egito era de 10,2%. Ou seja, é possível que as pessoas que tenham a marca muito evidente quase como uma ferida, sejam portadoras de diabetes.

No Alcorão temos o versículo abaixo que fala da marca:

Mohammad é o Mensageiro de Deus, e aqueles que estão com ele são severos para com os incrédulos, porém compassivos entre si. Vê-los-ás genuflexos, prostrados, anelando a graça de eus e a Sua complacência. Seus rostos estarão marcados com os traços da prostração. Tal é o seu exemplo na tora e no Evangelho,(1509) como a semente que brota, se desenvolve e se robustece, e se firma em seus talos, compraz aos semeadores, para irritar os incrédulos. Deus prometeu aos fiéis, que praticam o bem, indulgência e uma magnifica recompensa.

Versículo 19 – Surah 48 “Al Fatah” do Alcorão Sagrado

Sheikh Rodrigo diz que “o entendimento do versículo acima vai além de um sinal de calo na testa. Quer dizer que os crentes de verdade, a sua religiosidade fica estampada em seus semblantes. Tranquilidade e humildade”.

Se você tem perguntas ou dúvidas sobre o Islã, siga o instagram do Sheikh Rodrigo Rodrigues, muitas informações sobre a reglião de uma forma direta e descontraída:

View this post on Instagram

Tudo junto e misturado.

A post shared by Rodrigo Rodrigues رودريقو (@sheikhrodrigo) on

Deixe seu comentário e siga o blog Vida no Egito.

Gostou dessas dicas e quer saber mais? Siga nossas redes sociais: Instagram, Facebook e Youtube. E fique por dentro de tudo o que acontece aqui na terra dos faraós!

Categorias:Religião

Marcado como:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.