Religião

Tradições cristãs que começaram no Egito

Os Egípcios eram chamados coptas enquanto estavam sob o domínio dos gregos e romanos. Nesses dias, veio ao Egito o apóstolo São Marcos. Mas o povo Egípcio tinha suas tradições religiosas e superstições e somaram na receita.

70 igrejas cristãs autorizadas no Egito

Santa Maria, a mãe de Jesus

No Egito Ísis é uma fonte eterna de leite, e é sempre retratada amamentando seu filho Horus. De imediato os coptas associaram a imagem da deusa com a mãe de Jesus o filho de Deus, e foram adotando a imagem de Maria amamentando Jesus até entenderem que era uma personagem de adoração dotada de caráter sagrado.

Jesus, Deus e homem

Quando o menino Horus cresce, ele toma a forma de um falcão tendo então poder e autoridade divina, o que também combinava com a ideia cristã. Horus era quem dava autoridade divina aos faraós que eram humanos, e Jesus era ao mesmo tempo humano e Deus.

A cruz santa

Os egípcios tinham a Ankh chave da vida que os deuses antigos carregavam e a usavam como um amuleto de poder. Os coptas transformaram na sagrada cruz, com referência a cruz romana em que Jesus havia sido crucificado.

A crux ansata
Símbolo de Jesus Cristo para os Coptas no século 4

Com o tempo a cruz vai ganhando novas expressões, até chegar a com 4 lados iguais, triângulos nas pontas e flechas.

Essa cruz simboliza a comissão dos apóstolos, a trindade e a morte de Jesus.

Triângulos nas pontas: Trindade 4 direções indicando a comissão dos apóstolos.

Tatuagem de Cruz no pulso

Purgatório

Não era São Pedro, mas Anúbis que ficava na mitologia egípicia pesando os corações para definir qual seu destino no mundo dos mortos. Ele tinha uma cabeça de chacal e carregava uma balança. O “latidor do Egito” (apelido dado pelos gregos para fazer piada) era retratado nos túmulos dos coptas do século 1 ao 6. 

Além disso os coptas abandonaram a mumificação mas continuaram com a lógica… Faziam um retrato do falecido no caixão para na hora que a alma fosse procurar o corpo, conseguisse se identificar.

Pesando os corações

Anjos com asas

Na bíblia é raro se falar que anjos tem asas, mas alguns tinham sim, inclusive 6. O que combinou bastante com a ideia de semideuses egípcios. Os arcanjos com asas eram como as figuras mitológicas humanas com asas de abutre ou outras aves de rapina. 

Figura de um anjo com asas

Conchas

Eu nunca vi isso em outro lugar além do Egito, mas as igrejas aqui tem o formato de concha embutido na sua arquitetura. E essa concha vem de Afrodite, a deusa grega que nasceu de uma concha no meio do mar. Ela era reverenciada por sua semelhança com a deusa Isis que nasceu das águas do Nilo. A concha simbolizava esse renascimento sagrado.

Mosteiros

Depois de serem perseguidos, seguindo os passos de Jesus que foi tentado no deserto, coptas começaram a passar anos isolados em oração e estudo das escrituras em mosteiros no deserto egípcio.

9 Catedrais e Mosteiros do Egito que você precisa ir ao menos uma vez


Deixe seu comentário e siga o blog Vida no Egito.

Gostou dessas dicas e quer saber mais? Siga nossas redes sociais: Instagram, Facebook e Youtube. E fique por dentro de tudo o que acontece aqui na terra dos faraós!

Categorias:Religião

Marcado como:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.